Santo Apostolo e Evangelista Mateus

16 de novembro de 2009 § Deixe um comentário

São Mateus

O Santo Apóstolo e Evangelista Mateus, também chamado Levi (Marcos 2:14 e Lucas 5:27), foi um dos Doze Apóstolos (Marcos 3:18 e Lucas 6:45, Atos 1:13), e era irmão do Apóstolo Tiago Alfeu (Marcos 2:14). São Mateus era um publicano (cobrador de impostos para Roma), numa época em que os judeus estavam sob o domínio do Império Romano, e isto provocava o ódio e repúdio dos seus patrícios, pois os publicanos além de servirem aos tiranos, ficavam ricos onerando o povo com taxações além da que era estabelecida. São Mateus morava na cidade de Cafarnaum da Galiléia. Quando ouviu a voz de Jesus Cristo: “Vem e segue-Me” (Mt 9:9), deixou tudo e seguiu o Salvador. Cristo e Seus discípulos não recusaram o convite de Mateus para uma refeição em sua casa, onde dividiram mesa com outros publicanos que eram seus amigos. Este evento provocou grande indignação entre os escribas e os fariseus, os quais repudiavam quaisquer relações amistosas com esses notórios pecadores e traidores do povo.

Mateus, reconhecendo o seu pecado, abandona a coletoria e suas atividades para se juntar aos outros apóstolos. Discípulo atento e humilde de Cristo, após o Pentecostes, a pedido de judeus convertidos, escreveu seu Evangelho (o único livro do Novo Testamento redigido em aramaico, sendo depois traduzido para o grego). Seus escritos demonstram a excelência de sua sabedoria, capaz de fazer calar os mais ilustres rabinos de sua época. Contudo, o Santo Apóstolo não se contentou em escrever seu Evangelho e ficar sedimentado em sua pátria. O mandamento de Cristo era claro: ide e fazei discípulos entre todas as nações. São Mateus então percorre a Palestina, a Média, a Pérsia e desce pelo Egito até a Etiópia, onde se estabelece operando grandes sinais e maravilhas entre o povo e tribos canibais. Muitas tradições locais contam a vida do Santo Apóstolo de Cristo, seus feitos e milagres. Uma delas narra seu confronto com o governador Fulviano que resulta em seu martírio acompanhado de grande milagre. Condenado à morte na fogueira, o fogo não consegue destruir seu corpo. Jogado em ao mar em um caixão de ferro, reaparece na praia. Fulviano, diante de tão grande maravilha, se rende à fé cristã, a qual já estava presente em sua esposa que fora curada dos tormentos dos espíritos demoníacos por São Mateus. Após a morte do Bispo Platon (ordenado por São Mateus), Fulviano é ordenado Bispo e assume o nome de Mateus, em homenagem ao Santo Apóstolo.

 

TROPÁRIO DE SÃO MATEUS MODO 3

Santo Apóstolo Mateus interceda

Junto ao Bondoso Deus

Que Ele nos conceda o perdão

E às nossas almas salvação.

 

 

KONDÁKION DE SÃO MATEUS MODO 4

Tu te liberaste da Coletoria

Para assumir sobre Ti o jugo da Justiça.

Assim fazendo, Te revelaste um hábil negociante,

Cheio da Sabedoria do Alto.

Tu proclamaste a palavra da Verdade,

E por teus ensinamentos

Fizeste despertar as almas indolentes

Atentando-as para o Juízo Final.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Santo Apostolo e Evangelista Mateus no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: