O Diálogo Ortodoxo-Católico entra numa fase delicada

22 de maio de 2009 § 3 Comentários

unidade_papa_patriarcaO blog Orthodoxie.com faz menção em sua edição do dia 21 de maio a um artigo escrito pelo Padre Dominicano e Editor da Revista Istna, Hyacinthe Destivelle,onde o padre romano-católico chama a atenção para a próxima reunião de outubro em Chipre das Comissões Teológicas das Igrejas Ortodoxas e Romano-Católicas onde pela primeira vez  será discutida a questão do exercício do Primado.

No último reencontro realizado em Ravena no ano de 2007, chegou-se ao consenso de que o primado caberia ao bispo de Roma num possível  retorno  à unidade existente no primeiro milênio do cristianismo. No entanto, isto não é nenhuma novidade pois esta é a tradição estabelecida pelos Concílios Ecumênicos e nunca negada pelo Oriente Cristão.

Em outubro o diálogo entrará em uma fase extremamente delicada, pois, chegou a hora de se discutir o grande obstáculo existente entre as “duas” Igrejas: a forma como este primado deve ser exercido.

O dominicano, em seu editorial, aborda as dificuldades internas de cada uma das igrejas, e enumera os desafios contidos neste diálogo.

Uma grande expectativa tem se desenvolvida em torno deste encontro, principalmente porque o Papa Bento XVI, quando exercia s funções de Presidente da Sagrada Congregação para a Defesa da Fé afirmava que “Roma não deve exigir do Oriente, a respeito da primazia, mais que o que foi formulado e vivido durante o primeiro milênio”, Cardeal J.  RATZINGER, os princípios da teologia católica. Esboço e materiais, Paris, 1985,   p. 222 (original, München, 1982).

Para ler o editorial, clique aqui (texto em francês).

Obs. No sitio da Igreja Ortodoxa no Brasil está sendo publicada uma série de artigos abordando o tema da primazia.

Anúncios

Marcado:

§ 3 Respostas para O Diálogo Ortodoxo-Católico entra numa fase delicada

  • Jacques P. Heinsen disse:

    Não consigo ver nossos irmãos ortodoxos como separados. É tão linda sua liturgia que parece que estou em casa. Diferente de igrejas protestantes que desfiguram o cristo e até pregam falsos evangelhos e negam os sacramentos.
    Gostaria de saber assim como temos a Pedro antecessor dos papas, gostaria de saber qual dos apóstolos foi antecessor dos Patriarcas.
    heinsen2008@hotmail.com

    • lecionario disse:

      Caro Jacques,
      Obrigado por colorar com nosso blog.
      Todos os apóstolos dão início à Igreja Ortodoxa, inclusive Pedro, cuja primeira Sé foi o Patriarcado de Antioquia, conforme atesta os Atos dos Apóstolos; São Marcos o Patriarcado de Alexandria, São Tiago o Patriarcado de Jerusalém e, Santo André (o primeiro apóstolo a ser chamado) o de Constantinopla. No entanto é bom lembrar que não existem duas, três ou mais Igrejas, apenas uma que o Credo Niceno define como sendo Una, santa, Católica e Apostólica. O Patriarcado de Roma (primus inter paris) conforme todos os Concílios Ecumênicos atestam, não tem uma fundação apostólica, mas, se tornou venerável por ser o túmulo dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, cujas festas, nos últimos anos, vem sendo celebradas em conjunto e em pé de igualdade pelos Patriarcas de Roma (Papa) e o de Constantinopla (Ecumênico). Rezemos para que o venerável Patriarcado de Roma volte a ter comunhão com todos os outros Patriarcados irmãos, para o bem da Igreja Una e para a glória de Deus.
      Fraternalmente,
      + Mateus

      • Jacques P. Heinsen disse:

        Obrigado pelo esclarecimento. Vejo nesta cordial idade que suas intenções são de irmãos de fato cristãos, e que o papa deve ter este sentimento que só não é entendido pois eles têm em sua interpretação da primazia não somente uma ordem, mas que por ter séculos de tradição não desviada mas obediente assim como nossos verdadeiros irmãos Ortodoxos, fica complicado deixar o que os outros acham interferir não apenas na ordem de Jesus, como assim é interpretada, mas na tradição que no tocante, acho que só em querer unir os dois lados, já é um ato de colocar-se não como um trono único mas como irmãos de igual importância para os cristãos.
        Essa é minha opinião, achando que é necessário esta união, assim como Jesus disse a pedro que em cima desta Pedra edificaria a sua igreja, ele também disse que ele é a videira verdadeira e aquele que permanece nele dá bons frutos.
        Espero que todos passemos a nos unirmos para evangelizar pois os falsos profetas já chegaram.
        Obrigado e que a paz de cristo e o amor da virgem mãe esteja em nossos corações.

        Jacques P. Heinsen

        heinsen2008@hotmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento O Diálogo Ortodoxo-Católico entra numa fase delicada no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: