O Patriarcado Ecumênico Recorre ao Tribunal Europeu

12 de maio de 2009 § 1 comentário

CONSTANTINOPLA, Turquia, 11 de maio de 2009 (Ortodoxia.org | Romfea.gr) — O Santo Sínodo do Patriarcado Ecumênico tomou a decisão de recorrer à Justiça para resolver os casos de 23 propriedades (fundações, instituições e igrejas), que passaram às mãos da jurisdição administrativa do Governo turco. «Tristeza e indignação» foram as palavras do Patriarca Ecumênico, «é o que se sente a cada vez que se é confrontado com esta recorrente situação. Aqui como em outras igrejas em igual situação, sinto esta mesma e imensa tristeza e indignação. Nós oficiamos neste lugar», afirmou o Patriarca, diante de uma multidão de peregrinos provenientes da Grécia, que participavam de uma excursão escolar empreendida por um programa educativo grego. Na antiga Igreja de São Jorge, localizada na entrada da cidade de Adrianópolis, sobre a antiga muralha do Império Bizantino, «em seu pátio, atrás do santuário, funciona um centro social de bilhar», disse, muito entristecido, o Patriarca. A direção geral do município de Vacufion tomou a propriedade da Comunidade de São Jorge, de Adrianópolis, locando-a para um inquilino que transformou o salão onde funcionava uma antiga escola bizantina num bar-pool. «Há grande injustiça em muitos casos como este», afirmou Bartolomeu I, esclarecendo que as propriedades são administradas pelas municipalidade do Governo turco, como no caso de Vacufion, em que a comunidade grega não têm direito a formar um diretoria para administraçr suas instituições e igrejas. Na mesma declaração Bartolomeu I disse que decidiu intensificar as medidas junto à Justiça, levando, inclusive, ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, pois, «se não estamos conseguindo justiça em nossa luta, seguiremos até encontrá-la no Tribunal Europeu; e temos fé que alcançaremos, como no caso do orfanato Ilha Príncipe e da Grande Escola Patriarcal (Escola Teológica Halki)». «Não estamos reclamando um tratamento especial ou privilégios, mas, simplesmente, reivindicamos nosso direito legítimo ao patrimônio histórico herdado de nossos pais: as igrejas e as instituições que deixaram os nossos antepassados para benefício e o serviço da comunidade helênica, e não para que outros lucrem com aluguéis de nossas propriedades», disse o Patriarca.

Anúncios

§ Uma Resposta para O Patriarcado Ecumênico Recorre ao Tribunal Europeu

  • Miriam (Wenningta) disse:

    Cristo Ressuscitou! Em verdade Ressuscitou!

    A tristeza do nosso Patriarca Ecumênico, certamente é a de todos os cristãos ortodoxos no mundo todo, e nós como Corpo da Igreja de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, podemos e devemos intensificar nossas orações e súplicas à Aquele que não dorme e está atento para fazer justiça todos os injustiçados.
    Kiirie Eleison.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento O Patriarcado Ecumênico Recorre ao Tribunal Europeu no .

Meta

%d blogueiros gostam disto: