Patriarca Pavle Confirmado Como Cabeça da Igreja Ortodoxa Sérvia

27 de maio de 2009 § 1 comentário

O Santo Sínodo da Igreja Ortodoxa da Sérvia decidiu acatar a decisão aprovada na sessão anterior, realizada em 2 de Novembro de 2008, em que Sua Santidade o Patriarca Pavle permanece na cabeça da Igreja Ortodoxa da Sérvia, conforme publicação do sitio da Igreja Ortodoxa Sérvia. Afirma-se que a decisão foi adotada depois de uma longa análise da situação global da Igreja Ortodoxa Sérvia causada pela doença prolongada do Patriarca Pavle.

Anúncios

«É o Espírito que vivifica» (2Cor 3, 6)

26 de maio de 2009 § Deixe um comentário

«A água que Eu lhe der tornar-se-á nele uma nascente de água a jorrar para a vida eterna» (Jo 4, 14). É uma água completamente nova, viva e que jorra, que jorra para aqueles que são dignos dela. Por que razão é o dom do Espírito apelidado de «água»? É porque a água está na base de tudo; porque a água produz a vegetação e a vida; porque a água desce do céu sob a forma de chuva; porque, ao cair sob uma única forma, ela actua de uma maneira multiforme. […] Ela é diferente na palmeira, diferente na vinha, ela dá-se inteiramente a todos. Tem apenas uma maneira de ser e não é diferente de si mesma. A chuva não se transforma quando cai aqui ou ali mas, ao adaptar-se à constituição dos seres que a recebem, produz em cada um deles aquilo que lhe convém.

O Espírito Santo actua assim. Apesar de ser único, simples e indivisível, «Ele distribui os seus dons a cada um conforme entende» (1Cor 12, 11). Da mesma maneira que a lenha seca, associada à água, produz rebentos, a alma que vivia no pecado, mas que a penitência torna capaz de receber o Espírito Santo, produz frutos de justiça. Embora o Espírito seja simples, é Ele, por ordem de Deus e em nome de Cristo, que anima numerosas virtudes.

Ele utiliza a língua deste ao serviço da sabedoria; ilumina pela profecia a alma daquele; dá a outro o poder de expulsar os demónios; dá a outro ainda o de interpretar as divinas Escrituras. Fortifica a castidade de um, ensina a outro a arte da esmola, ensina àqueloutro o jejum e a ascese, a outro ainda ensina a desprezar os interesses do corpo, prepara outro para o martírio. Diferente nos diferentes homens, Ele não é diferente de si mesmo, tal como está escrito: «Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um para proveito comum» (1Cor 12, 7).

São Cirilo de Jerusalém, Bispo de Jerusalém  (313-350), Catequese batismal n° 16

Evangelho Cotidiano

O Diálogo Ortodoxo-Católico entra numa fase delicada

22 de maio de 2009 § 3 Comentários

unidade_papa_patriarcaO blog Orthodoxie.com faz menção em sua edição do dia 21 de maio a um artigo escrito pelo Padre Dominicano e Editor da Revista Istna, Hyacinthe Destivelle,onde o padre romano-católico chama a atenção para a próxima reunião de outubro em Chipre das Comissões Teológicas das Igrejas Ortodoxas e Romano-Católicas onde pela primeira vez  será discutida a questão do exercício do Primado.

No último reencontro realizado em Ravena no ano de 2007, chegou-se ao consenso de que o primado caberia ao bispo de Roma num possível  retorno  à unidade existente no primeiro milênio do cristianismo. No entanto, isto não é nenhuma novidade pois esta é a tradição estabelecida pelos Concílios Ecumênicos e nunca negada pelo Oriente Cristão.

Em outubro o diálogo entrará em uma fase extremamente delicada, pois, chegou a hora de se discutir o grande obstáculo existente entre as “duas” Igrejas: a forma como este primado deve ser exercido.

O dominicano, em seu editorial, aborda as dificuldades internas de cada uma das igrejas, e enumera os desafios contidos neste diálogo.

Uma grande expectativa tem se desenvolvida em torno deste encontro, principalmente porque o Papa Bento XVI, quando exercia s funções de Presidente da Sagrada Congregação para a Defesa da Fé afirmava que “Roma não deve exigir do Oriente, a respeito da primazia, mais que o que foi formulado e vivido durante o primeiro milênio”, Cardeal J.  RATZINGER, os princípios da teologia católica. Esboço e materiais, Paris, 1985,   p. 222 (original, München, 1982).

Para ler o editorial, clique aqui (texto em francês).

Obs. No sitio da Igreja Ortodoxa no Brasil está sendo publicada uma série de artigos abordando o tema da primazia.

O Primado do Patriarca Ecumênico e o Sentido do Cânon 28 de Calcedônia

22 de maio de 2009 § Deixe um comentário

O sitio da Arquidiocese Grega da América do Norte publicou um estudo realizado pela Faculdade Teológica da Santa Cruz, na Grécia, sobre o sentido do Cânon 28 do Quarto Concílio Ecumênico realizado em Calcedônia, em 451 d.C.

Este cânone estabele a paridade ou isonomia entre Roma e Constantinopla (A Nova Roma) e tem sido, desde aquela época objeto de muita polêmica, primeiramente entre o Oriente e o Ocidente, e,  agora, entre as Igrejas Ortodoxas, onde Moscou e outras igrejas identificadas com suas tradições, questionam a legitimidade, ou melhor, o valor atual desta primazia.

Confira o sitio da Arquidiocese Grega (texto em inglês).

PRIMAZIA DE HONRA E SUPREMACIA

19 de maio de 2009 § Deixe um comentário

«Tu és Pedro»

Esta frase bem conhecida tomou um lugar considerável na apologética latina, que dela fez um ponto de apoio para justificar dois postulados:

1. A Pedro fora dado o poder de governar a Igreja;
2. Ao Papa o direito de suceder a Pedro e conseqüentemente o direito de governar igualmente a Igreja.

Embora inúmeros teólogos atuais não encontrem nessa frase uma significação de forma alguma tão absoluta, parece-nos interessante recordar a interpretação que os Padres da Igreja deram a esta passagem de São Mateus (XVI, 16-20):

“E vós, disse-lhes Ele, quem dizeis que Eu sou? Simão Pedro respondendo disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus Vivo. E Jesus respondendo disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão filho de Jonas, porque não to revelou a carne e o sangue, mas Meu Pai que está nos Céus. Pois também Eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a Minha Igreja e as portas do inferno não prevalecerão contra Ela. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus; e tudo o que ligares na Terra será ligado nos Céus e tudo o que desligares na Terra será desligado nos Céus”.

O Bem-Aventurado Agostinho, Bispo de Hipona (Retractações, cap. 21) afirma:

“Eu digo num lugar, do Apóstolo Pedro, que a Igreja havia sido fundada sobre ele como sobre uma pedra. Este sentido é cantado pela boca de grande número de Padres da Igreja, entre os quais Santo Ambrósio de Milão, em versos, diz a respeito do galo: quando ele cantou, a pedra da Igreja lamentou o seu erro. Mas eu sei que em seguida expus, muito freqüentemente, as palavras de Nosso Senhor: ‘Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a Minha Igreja’, da forma seguinte: que a Igreja seria edificada sobre Aquele que Pedro confessou, dizendo: ‘Tu és o Cristo, o Filho de Deus Vivo’. Assim Pedro (Petrus) que teria tomado o seu nome desta pedra (Petra), simbolizaria a Igreja que é construída sobre esta pedra e que recebeu as chaves do Reino dos Céus. Com efeito, não lhe foi dito: Tu és a pedra (Petra), mas: Tu és Pedro (Petrus), pois a Pedra (Petra) era o próprio Filho de Deus, Cristo. Simão Pedro, ao confessar Cristo como a Igreja inteira O confessa, foi chamado Petrus (Pedro)”.

Para ler este texto na íntegra, clique aqui.

5-6 de Junho de 2009 realização de exames para o curso de Educação Teológica por correspondência

14 de maio de 2009 § Deixe um comentário

Os exames de seleção para o curso de educação religiosa do Instituto São Sérgio de Paris serão realizados nos próximos dias 05 e 06 de junho. Os interessados podem fazer suas inscrições via correio eletrônico (enviar em formato word ou pdf) até o dia 30 de maio de 2009. As fichas e as demais informações necessárias estão contidas no manual (FTC) disponível na internet.

O Patriarcado Ecumênico Recorre ao Tribunal Europeu

12 de maio de 2009 § 1 comentário

CONSTANTINOPLA, Turquia, 11 de maio de 2009 (Ortodoxia.org | Romfea.gr) — O Santo Sínodo do Patriarcado Ecumênico tomou a decisão de recorrer à Justiça para resolver os casos de 23 propriedades (fundações, instituições e igrejas), que passaram às mãos da jurisdição administrativa do Governo turco. «Tristeza e indignação» foram as palavras do Patriarca Ecumênico, «é o que se sente a cada vez que se é confrontado com esta recorrente situação. Aqui como em outras igrejas em igual situação, sinto esta mesma e imensa tristeza e indignação. Nós oficiamos neste lugar», afirmou o Patriarca, diante de uma multidão de peregrinos provenientes da Grécia, que participavam de uma excursão escolar empreendida por um programa educativo grego. Na antiga Igreja de São Jorge, localizada na entrada da cidade de Adrianópolis, sobre a antiga muralha do Império Bizantino, «em seu pátio, atrás do santuário, funciona um centro social de bilhar», disse, muito entristecido, o Patriarca. A direção geral do município de Vacufion tomou a propriedade da Comunidade de São Jorge, de Adrianópolis, locando-a para um inquilino que transformou o salão onde funcionava uma antiga escola bizantina num bar-pool. «Há grande injustiça em muitos casos como este», afirmou Bartolomeu I, esclarecendo que as propriedades são administradas pelas municipalidade do Governo turco, como no caso de Vacufion, em que a comunidade grega não têm direito a formar um diretoria para administraçr suas instituições e igrejas. Na mesma declaração Bartolomeu I disse que decidiu intensificar as medidas junto à Justiça, levando, inclusive, ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, pois, «se não estamos conseguindo justiça em nossa luta, seguiremos até encontrá-la no Tribunal Europeu; e temos fé que alcançaremos, como no caso do orfanato Ilha Príncipe e da Grande Escola Patriarcal (Escola Teológica Halki)». «Não estamos reclamando um tratamento especial ou privilégios, mas, simplesmente, reivindicamos nosso direito legítimo ao patrimônio histórico herdado de nossos pais: as igrejas e as instituições que deixaram os nossos antepassados para benefício e o serviço da comunidade helênica, e não para que outros lucrem com aluguéis de nossas propriedades», disse o Patriarca.

Onde estou?

Você está atualmente visualizando os arquivos para maio, 2009 em .